.
.

Jóia



.

16 comentários:

chica disse...

Lindo enfeite, bem percebido pelo olhar de uma artista...beijos,tudo de bom,chica

Anne Lieri disse...

Lindo poetrix,Helena!Eu adoro as poesias que escreve!Bjs,

Anderson Fabiano disse...

Stella mia,

Pequeno e reluzente texto: uma jóia!

...E mais uma página enfeitada.

Amo você, poetinha!

barba

manuela barroso disse...

Diria que o seu blog é uma espécie de pérola...isso pérola...

Redondo como a lua
Cheia de Janeiro
Pintada em cor de pérola.
Abraço
manuela

Ives disse...

lindo. Muita paz a você, adorei seu blog. Abraços

soninha disse...

Maravilha! bjs

ONG ALERTA disse...

Lindo a natureza tem riquezas, beijo Lisette.

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Helena.

Maravilha!!!

Um grande abraço.
Tenha um lindo domingo de paz.

Sonia Pallone disse...

Sua poesia é um frasco valioso, de perfume e carinho pra alma. Que um grande abraço envolva você e os seus caminhos. Bjs.

mundo azul disse...

__________________________________


...suave e delicado como você!

Esse é um domínio da delicadeza bordada em letras...

Beijos de luz e o meu carinho, sempre...

_____________________________

Érico Cordeiro disse...

Oi, Helena,
Um poema singelo e bonito - perfeito, como uma pétala de flor.
Convido você e seus leitores a conhecer o blog Jazz + Bossa:
www.ericocordeiro.blogspot.com
Abraços a até mais!

Leninha disse...

Oi,Helena!!!LIndo o seu poema,como,aliás,todos os que vc escreve...vc tem o dom e a delicadeza de nos fazer sentir a magia das pétalas e o brilho do orvalho.Beijos,Leninha.

Andressa disse...

me perdi aqui!!

✿ chica disse...

A cada passada, uma olhada nova e novo encanto nessa jóia aparece!

Que a Páscoa por aí seja linda, colorida e recheada com tuuuuuuuuudo que desejaram,tá?

Obrigado pelo carinho!chica

Vieira Calado disse...

Achei interessante, o blog.

Também pratico ilustrações de poemas meus...

Fiz, há pouco, uma exposição.

Mais abaixo, no blog há um ou outro quadro.


Saudações poéticas

Jussara Neves Rezende disse...

Helena, ricas jóias por aqui dispersas encontrei... enfeitei-me com o brilho dos teus versos e a mim mesma prometi: aqui voltarei.
Bjo&Carinho,
Jussara