.
.

Trens...

.

20 comentários:

✿ chica disse...

E quantas saudades... LINDO,Helena!!!Sempre assim! beijos,chica

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Quantas saudades
correm no trem da nossa vida,
nos trilhos do coração...

Que a alegria seja
um rio a correr
em tua vida.

Elisa T. Campos disse...

Que doce lembrança.
Exatamente assim que brincava quando era criança

Genialidade no poetrix

bijusss

Unlucky disse...

I love your blog! These are great photos. We have very similar taste.
Visit here for my blog photos taken at right time

Anne Lieri disse...

Que deliciosa essa saudade!Muito lindo seu poetrix,Helena!Bjs,

manuela barroso disse...

Minha querida, cada um, cada descoberta, cada "susto"!
Ah! e vou propôr-te para "neologista"!
ADOREI..."comboiam saudades"! Mas que maravilha!
E quanta leitura!Um trilho...Tantos trilhos...tantas saudades...Imagem e poesia numa autêntica sessão poética! Maravilhoso, simplesmente.
Ternoabraço!

Leninha disse...

Helena muito amada,bom dia!!!

E teus trilhos me comboiaram até a infância,me trazendo doces e preciosas lembranças que o tempo não apagou...

Bjsssss e um carinho em tua face,
Leninha

manuela barroso disse...

E vim no teu trilho para te convidar para o nosso chá!
A Leninha já vem a caminho...a louça está à espera...
Ah...mas oh Helena querida, vê se o camarão se escondeu...:))
Abraço, minha querida!

Reis disse...

Saudade sentida a revelar que aquela lembrança foi vivida.

Sonia Pallone disse...

Em mim também, navegam saudades...E, literalmente, lembrei-me dos trilhos do trem, que ficavam em frente à casa onde morei qdo criança...Nunca mais esqueci o barulhinho nostálgico e cadencioso dos trens que passavam, levando lembranças e deixando saudades... Obrigada pelo momento, minha querida.

Majoli disse...

Cada poetrix seu tem uma magia especial minha querida Helena.
Me vi de pés descalços, há anos atrás, caminhando pelos dormentes...e sempre que ouvia o apito do trem ao longe, saia correndo e ficava espiando todos aqueles imensos vagões passarem.
Contava, um por um, sem me cansar.

Trilhos do tempo, levou pra longe de mim esse doce tempo.

Beijos com carinho.

manuela barroso disse...

No trilho da tarde para te dar um abraço .Enorme.

Luh Ciecelski disse...

Sempre valhe a pena passar nos teus blogs... Sempre!

Fernando Soares disse...

Aprendendo mais um pouquinho a fazer poemínimos: amei sua leveza e as imagens que seus versos sugerem.

MARILENE disse...

Você tem, realmente, um lado encantado voltado para as palavras.
Seus cartões são ricos em textos e belos na formatação.
Parabéns!

Bjs.

Vitalina de Assis disse...

Hola amiga Helena.

Neste majestoso equilíbrio, transitamos pela vida.

E é assim, com pés descalços,
mais livre nosso caminhar.

Inspirador como sempre.

Bjs.
Vi.

manuela barroso disse...

...e vou continuando a caminhar, procurando na sombra algum briho de diamante...
Com um terno e carinhoso abraço querida Helena!
Bom fim de semana

Anderson Fabiano disse...

Stella mia,

Há um trem na história de cada um. Alguns apenas se foram, partiram. Outros, dormentes ou latentes, quem sabe, apenas chegaram.

Mas há uns raros, que ficarão para sempre, estacionados, fumegantes, presentes, torcendo para nunca serem saudade.

Amo você, Poetinha! Sempre!

Barba

Leninha disse...

E nos trens viajam nossos sonhos infantis e a eterna criança que em nós,dorme...e em nome da criança que habita em mim,os meus votos de uma feliz noite para a criança que habita em ti...com sonhos sobre trilhos que te conduzam às estrelas.
Para ti e para o Barba,
Leninha

Gaivotadourada22 disse...

O Petrix existe só por sua causa, tenho certeza... Pois os teus são sempre criativos e maravilhosos!!! E Verdadeiramente POETRIX!
AMEI!!! V!V!V!V!V!
Beijos MIL!